Biografia de Clifford Brown, vida, fatos interessantes - Outubro 2021

Compositor

Aniversário :

30 de outubro de 1930

Morreu em:

26 de junho de 1956



Também conhecido por:

Trompetista

Local de nascimento:

Wilmington, Delaware, Estados Unidos da América

touro homem virgem mulher sexualmente

Signo do zodíaco :

Escorpião


Clifford Brown é considerado um dos mais links importantes para músicos quando se trata de tocar Trombeta. Ele é considerado um dos melhores trompetistas de seu tempo por seu estilo estranho e pouco ortodoxo, onde ele não apenas incorporou, mas até ensinou seus colegas músicos a capacidade de usar as diferentes emoções para Enriqueça o som da música enquanto toca um instrumento.

Ao longo de sua curta carreira, Clifford deu alguns hits. Ele começou a mostrar seu talento desde o início da adolescência e cresceu para o maior estágio de popularidade.

Vida pregressa

Clifford Benjamin Brown nasceu no 30 de outubro no ano 1930 i n Wilmington, Delaware. Ele tinha uma paixão pela música desde a infância, e seu pai também o apreciava pelo mesmo. Brown começou a tocar trompete por volta dos 10 anos de idade, e seu pai comprou seu próprio trompete aos 13 anos, o que era uma espécie de presente para ingressar na Howard High School.

Não apenas isso, mas ele também forneceu suas lições, juntamente com um instrutor da banda Harry Andrews que desempenhou um papel significativo em sua carreira como trompetista. Mas o enorme impacto em suas habilidades para tocar trompete foi influenciado por Robert Boysie Lowery que também foi seu instrutor de jazz, ao introduzir em Brown um entendimento básico dos acordes de jazz, suas mudanças e o jeito de improvisar os mesmos.

Clifford Brown foi mesmo premiado com a bolsa de música pela Universidade de Delaware, e depois mudou-se para o Maryland State College, tocando para a banda de jazz de 16 peças da escola.






Carreira

Enquanto se apresenta para a banda da escola, Clifford Brown até começou a viajar para a Filadélfia e foi lá que ele começou a se destacar profissionalmente. Enquanto viaja para lá, ele conheceu o Lendas do jazz tal como Dizzy Gillespie, Fats Navarro, e Charlie “ Pássaro ” Parker; Esses modelos tiveram um papel importante na descoberta Castanho como profissional Trompetista . Ele cresceu idolatrado Navarro, e com o período Gillespie se tornou a figura paterna de que ele precisava.

O que se destacou Clifford Brown foi que ele mudou a imagem e reputação de músicos de jazz para as gerações vindouras. Sua habilidade virtuosa que deixou sua marca foi sua natureza, que era muito gentil, igualmente trabalhadora, estilo de vida limpo e aprendia o hábito de ser humilde o tempo todo.

Como qualquer outra estrela, sua carreira parou temporariamente quando se encontrou com um acidente de carro, mas ele logo se recuperou, retomando sua carreira. Ele gravou sua primeira música em 1952, usando sua capacidade única de misturar sinergicamente seus conhecimentos técnicos, o que ajudou a enriquecer o tom graciosamente. Ele se identificou improvisando frases longas, fluidas e melódicas.

Clifford Brown mais tarde até se juntou ao A banda de Lionel Hampton em turnê pela Europa e também trabalhou com os músicos na costa oeste. Ele também fez a equipe se apresentar em dueto com o baterista Max Roach no ano de 1954, que rapidamente fez fãs para si e estava em alta demanda. Ele foi considerado um mago com uma trombeta na mão por seu talento para improvisar e sua habilidade única durante a execução.

Morte e Legado

Entre o seu paixão pela música e shows , Clifford Brown reuniu-se com o amor de sua vida LaRue Anderson e também se casaram com ela no ano de 1954. O casal também teve um filho do casamento e o nomeou Clifford Brown Jr.

Quando Clifford Brown tinha 25 anos, ele novamente encontrou outro acidente de carro que provou ser fatal para ele. O carro derrapou na estrada da Pensilvânia e matou Brown e Powells. Sua esposa até informou depois que essa era a primeira vez que ela não estava viajando com o marido e que esse triste incidente aconteceu.

A caminho, ele produziu seus trabalhos e suas composições, incluindo 'Daahoud' e “ Joy ​​Spring ” tornou-se o padrões para música jazz para os próximos anos.